EUA decidem contra importações de fio-máquina de 5 países

A decisão para aplicação de direito antidumping permitirá ao departamento impor tarifas de até 147,63% durante cinco anos

São Paulo - O Departamento de Comércio dos Estados Unidos afirmou nesta terça-feira que concluiu investigação envolvendo suspeitas de subsídios sobre fio-máquina de carbono e ligado vendido ao país por Itália, Coreia do Sul, Espanha, Turquia e Inglaterra.

A decisão para aplicação de direito antidumping, que depende de determinação que as importações do material prejudicaram produtores nos EUA, permitirá ao departamento impor tarifas de até 147,63 por cento durante cinco anos.

A investigação foi iniciada por pedidos feitos no ano passado por Gerdau Ameristeel, do grupo brasileiro Gerdau ; Nucor, Keystone Consolidated Industries, do Texas, e Charter Steel, de Wisconsin.

Fio-máquina é um produto intermediário da categoria de aços longos que pode se transformar em uma série de produtos finais como arames, molas e cabos.

Em 2016, as importações de fio-máquina dos cinco países foram estimadas em 160,4 milhões de dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.