A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Espanha: Funcionários públicos não receberão extra no Natal

Rajoy fez o anúncio em seu comparecimento no Parlamento

Madri - O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, anunciou nesta quarta-feira uma reforma na administração pública para racionalizar o orçamento, medidas que fazem parte do ajuste econômico para fazer frente à crise.

Entre outras medidas, os funcionários públicos não receberão pagamento extra no Natal neste ano. Rajoy fez o anúncio em seu comparecimento no Parlamento. Os ajustes incluem também aumento do imposto sobre o valor agregado (IVA) e cortes no seguro desemprego.

Após frisar que os salários dos empregados públicos são uma das maiores verbas do orçamento, Rajoy disse que além das medidas já adotadas, como a não reposição de pessoal, outras medidas serão realizadas.

Entre elas, o número de dias livres dos funcionários será reduzido. Em relação à suspensão do pagamento do Natal, o primeiro-ministro explicou que é necessário adotar esta medida ''excepcionalmente e dadas às circunstâncias da economia''.

''Desde que começou a crise em 2007, o número de empregados públicos aumentou em 289.000 pessoas, enquanto no setor privado se destruíram 2,9 milhões de empregos'', afirmou.

No âmbito das administrações locais, Rajoy anunciou também medidas para economizar 3,5 bilhões de euros e aumentar sua eficiência.

O primeiro-ministro disse que também se efetuará ''uma drástica redução e inclusive eliminação de empresas públicas no âmbito local''. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também