Desafio é convencer investidor estrangeiro sobre concessões

Fontes afirmam que o próximo desafio, após divulgação de programa de investimentos, é convencer o investidor estrangeiro sobre a atratividade das concessões

Brasília - Após a divulgação do Programa de Investimento em Logística (PIL), o próximo desafio do Ministério da Fazenda é convencer o investidor estrangeiro e mostrar atratividade das concessões anunciadas nesta terça-feira, 9, pela presidente Dilma Rousseff.

Fontes da Fazenda ouvidas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, dizem que o ministro Joaquim Levy está empenhado nessa tarefa e que tem enfatizado a necessidade da presença do capital internacional nesses projetos.

Levy também tem afirmado que o Brasil apresenta estabilidade econômica e comprometimento macroeconômico, o que garante segurança de longo prazo.

De acordo com a fonte, os investidores estrangeiros têm solicitado ao governo projetos "bancáveis", que garantam rentabilidade atraente. Investidores também têm afirmado que o mercado possui excesso de liquidez e recursos disponíveis para aplicação nos projetos.

Outro ponto que os investidores questionam são os riscos regulatórios do País. O ministro da Fazenda também está envolvido nesta questão.

Durante o anúncio do pacote, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, ressaltou a importância do investimento privado para o sucesso do plano.

"O governo tem de viabilizar o investimento e atrair o setor privado", afirmou o ministro durante apresentação no Palácio do Planalto.

Sobre a atratividade do projeto e a possibilidade de falta de recursos, Levy afirmou que "o governo vai mitigar riscos da participação do setor de seguro e isso reflete o nível de sofisticação que a nossa economia já tem".

O ministro reafirmou que não faltará dinheiro para investimentos no setor. "Não vai faltar dinheiro e não adianta querer apostar que não vai dar certo", ressaltou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.