Demissões na indústria paulista somaram 51 mil até outubro

Taxa de desemprego ficou negativa 0,49% em outubro na comparação com setembro

São Paulo - A indústria paulista demitiu 51 mil trabalhadores de janeiro a outubro deste ano, aponta pesquisa, divulgada hoje (13), pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

O resultado é da série histórica da pesquisa sobre o mercado de trabalho do setor, iniciada em 2006. A taxa de desemprego ficou negativa 0,49% em outubro na comparação com setembro.

Em outubro, foram fechadas 12.500 vagas, o que representa uma queda de 0,37% em relação a setembro. A indústria sucroalcooleira foi responsável por um terço das demissões, com a extinção de 4.054 vagas.

Nos primeiros dez meses do ano, o setor de açúcar e álcool criou 8.407 vagas, o que representa 7,7% no total de empregos gerados. No mesmo período do ano passado, esse percentual era 14%.

Dos 22 setores pesquisados, 14 demitiram, seis contrataram e dois mantiveram o quadro de funcionários. Em relação às contratações, o destaque foi o segmento de confecção de artigos de vestuário e acessórios que criou 414 vagas.

Na análise regional, São Carlos foi o município com maior número de vagas criadas, com alta de 1,67%.

O destaque foram as indústrias de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (9,38%) e de produtos de borracha e plástico (16,39%).

O segmento de veículos automotores e autopeças (1,49%) e de produtos alimentícios (1,03%), por sua vez, impulsionou o emprego em São Bernardo do Campo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.