Demanda doméstica cresce 4,1% em fevereiro, diz Anac

Segundo dados divulgados pela agência, a demanda doméstica de passageiros cresceu 4,1% em fevereiro na comparação com o mesmo mês de 2014

Brasília – A demanda de passageiros no transporte aéreo doméstico cresceu 4,1% em fevereiro deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado, enquanto a oferta de assentos em voos nacionais cresceu 4,7%.

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira, 6, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a demanda do setor chegou completou 17 meses consecutivos de expansão e o resultado de fevereiro foi o maior para o mês nos últimos dez anos. Já a oferta pelas empresas chegou ao sexto mês seguido de crescimento.

A empresa aérea com maior expansão da demanda em fevereiro com a Avianca, com evolução de 13,4% na comparação com o mesmo mês de 2014.

Em segundo lugar, a Azul registrou 8,5% de crescimento na demanda.

Embora TAM e Gol continuem dividindo a liderança do mercado doméstico, com 36,6% e 36,1% de participação, respectivamente, a primeira companhia registrou queda de 2,7% em sua fatia do setor, enquanto a segunda apresentou redução de 1,2% em fevereiro.

Se a demanda e a oferta no setor apresentam trajetória consistente de crescimento nos últimos meses, a taxa de ocupação dos assentos caiu 0,6% em fevereiro, para 80%. Esse foi o primeiro revés do indicador após uma sequência de 18 meses consecutivos de alta.

A Anac informou ainda que a Azul não prestou informações exatas com relação à quantidade de passageiros transportados em fevereiro deste ano e responderá a um processo administrativo para se apurar o motivo da infração.

Sem dados exatos da empresa, o órgão estima que a quantidade de passageiros transportados no País em fevereiro tenha apresentado um crescimento entre 0,71% e 1,55% em relação ao mesmo mês de 2014. Essa seria a 17ª variação positiva seguida do indicador.

Internacional

Para voos internacionais operados por empresas aéreas brasileiras, a demanda de passageiros cresceu 31,5% em fevereiro em relação ao segundo mês do ano passado.

De acordo com a Anac, essa foi a 12ª alta consecutiva do indicador. Na mesma comparação, a oferta de assentos em voos para o exterior teve alta de 26,9%, a sétima seguida. Tanto a demanda quanto a oferta internacional tiveram os resultados mais expressivos para o mês nos últimos dez anos.

A taxa de ocupação das aeronaves em voos internacionais alcançou 80,3% em fevereiro, contra 77,5% no mesmo mês de 2014. Também recorde, esse indicador acumula crescimentos nos últimos 17 meses.

O número de passageiros transportados no mercado internacional em fevereiro atingiu 570,5 mil, com aumento de 20,8% em relação a fevereiro de 2014, o 11º consecutivo.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.