Crise econômica levou a quase 5 mil suicídios só em 2009

Estudo com 54 países investigou números de suicídio no pré e pós-crise de 2008 e encontrou aumento fortemente relacionado com taxa de desemprego

São Paulo - A crise de 2008 causou recessão, queda livre dos mercados, crise da dívida e agitação social. Adicione à lista 4.884 suicídios "extras" em 54 países só no ano de 2009. 

A conclusão é de um estudo publicado recentemente no British Medical Journal pelos professores Shu Sen-Chang e Paul Yip, da Universidade de Hong Kong, em conjunto com David Stuckler, da Universidade de Oxford, e David Gunnell, da Universidade de Bristol, .

Os quatro pesquisadores pegaram a evolução das taxas de suicídio entre os anos de 2000 e 2007 e estimaram qual seria o número de 2009 em circunstâncias normais. Comparando com o total registrado, chegaram na diferença.

Não houve uma variação estatística importante na taxa de suicídio entre as mulheres. Homens entre 15 e 24 anos foram os mais afetados na Europa. Nos Estados Unidos, a faixa etária que apresentou a maior alta foi a de homens entre 45 e 64 anos. 

O estudo também encontrou uma relação forte entre o aumento de suicídios e maior desemprego, especialmente em países onde ele era particularmente baixo antes da crise. 

Trabalhos anteriores já haviam verificado a relação entre crise econômica e suicídios, inclusive no pós-2008, mas é a primeira vez que padrões internacionais e em diferentes grupos demográficos são investigados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.