Crescimento da Espanha sofre leve desaceleração no 3º tri

No entanto, trata-se do nono trimestre consecutivo de alta, depois de um aumento de 1% no segundo, segundo o INE

O crescimento econômico espanhol sofreu uma desaceleração leve no terceiro trimestre, com uma progressão de 0,8% do PIB em relação ao trimestre anterior, a poucas semanas das eleições legislativas, segundo dados definitivos do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Trata-se do nono trimestre consecutivo de alta, depois de um aumento de 1% no segundo, segundo o INE.

A Espanha supera assim seus sócios europeus, mas seu crescimento continua sendo inferior ao da Romênia (+1,4%), Eslováquia (+0,9%) e Polônia (+0,9%), afirma o INE.

Mais informações em instantes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.