Contratos futuros de petróleo na China serão referências

Os contratos de derivativos dariam à INE, uma fatia do mercado de contratos futuros avaliada em trilhões de dólares

Cingapura - Os esforços da China para estabelecer contratos de derivativos de petróleo têm encontrado um ceticismo antecipado, mas os executivos da indústria petrolífera dizem que a crescente influência econômica do país significa que uma terceira referência global para o petróleo é inevitável.

Os contratos de derivativos dariam à Shanghai International Energy Exchange, conhecida como INE, uma fatia do mercado de contratos futuros avaliada em trilhões de dólares, oferecendo um rival ao Brent, de Londres, e ao West Texas Intermediate (WTI), dos Estados Unidos.

Enquanto outros tentaram e falharam, a China traz seu poder como o maior comprador mundial de petróleo, uma forte dose de vontade política e alinhamento de seus sistemas financeiro e bancários para um contrato denominado em iuans.

"A indústria de energia ainda é gerenciada, literalmente, por pessoas do Ocidente. Mas o mundo gira e há uma mudança de guarda", disse um executivo sênior de mercado, falando nos bastidores de um grande encontro da indústria nesta semana em Cingapura, no qual delegadods falaram em condição de anonimato.

A bolsa INE, de Xangai, está nos estágios finais do lançamento de um contrato futuro de petróleo, talvez já em outubro, embora fontes digam que atrasos eram prováveis por causa dar turbulências do mercado.

O contrato representaria melhor o crescimento da importância da China ao estabelecer os preços do petróleo, aumentar o papel do iuan como uma moeda internacional e oferecer uma medida de orgulho nacional.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.