Classe D é a mais afetada pela alta do custo de vida em SP

Moradores da região metropolitana de São Paulo tiveram aumento no custo de vida em novembro, sendo que a classe D foi a que mais sofreu com essa elevação

São Paulo - Os moradores da região metropolitana de São Paulo tiveram aumento de 0,36% no custo de vida em novembro, na comparação com o mês anterior.

No período, houve aumento de 5,23% nos preços médios em 2014 e alta de 6,18%, considerando os últimos 12 meses.

Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e indicam que o índice foi puxado, principalmente, pelos custos com alimentação e bebidas, que cresceram 0,96%.

A classe D, com 0,43, foi a que mais sofreu com a elevação do custo de vida. Segundo a FecomercioSP, a explicação foi a alta do grupo alimentos e bebidas (1,05%), que tem peso de 30% no orçamento familiar.

Quem menos sentiu o aumento dos valores foi a classe B, com 0,29%.

Alimentação, habitação e saúde são os segmentos mais significativos no custo de vida da região metropolitana do estado. Juntos, somam mais da metade de todo o índice.

Alimentar-se em casa teve um acréscimo de 1,34% em relação a outubro. Gastos com alimentação fora de casa subiram 0,57%. As despesas com habitação tiveram alta de 0,36%, enquanto a saúde aumentou 0,46%.

O índice do custo de vida é composto por nove grupos de atividades. Também estão incluídos na soma artigos do lar, vestuário, transportes, saúde e cuidados pessoais, despesas pessoais, educação e comunicação.

Somente artigos do lar apresentaram variação negativa, com -0,68%. A pesquisa registrou, ainda, que os menores aumentos foram na educação, com alta de 0,04%, e no transporte, 0,07%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.