Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Brasil tem o pior PIB entre 26 países no 3º trimestre, mostra ranking

PIB do Brasil no terceiro trimestre ficou atrás de uma série de economias da América Latina, segundo a Austin Rating

A queda do PIB do Brasil em 0,1% no terceiro trimestre, divulgada nesta quinta-feira, 2, coloca o país atrás de uma série de economias latino-americanas em crescimento no período entre julho e setembro.

Com o resultado, o Brasil é somente o 26º em ranking da Austin Rating, que analisou o crescimento trimestral da economia de 33 países, descontadas variações sazonais.

O Brasil também está oficialmente em recessão técnica, com a segunda retração trimestral seguida. No segundo trimestre, o PIB brasileiro já havia encolhido os mesmos 0,1%.

 (Arte/via Flourish/Exame)

No começo do ano, a expectativa era que o Brasil crescesse acima de 5% em 2021 e mais de 2% em 2022.

Com o passar dos meses, a deterioração do cenário no mercado internacional, a chegada de novas variantes do coronavírus e o aumento do risco internamente, incluindo no cenário político, as projeções foram piorando.

Nesta semana, analistas ouvidos pelo boletim Focus, do banco Central, projetaram o PIB de 2021 em alta de 4,78% (previsão que tende a cair com o resultado de hoje) e para 0,58% em 2022.

Um alento para o Brasil é alta taxa de vacinação, com mais de 60% da população totalmente vacinada, o que deve trazer impactos positivos ao PIB do quarto trimestre.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também