Brasil aparece em 57º no ranking dos mais globalizados

País caiu quatro pontos no ranking da AT Kearney em função dos fracos investimentos estrangeiros

O baixo volume de investimentos estrangeiros no Brasil fez o país cair quatro posições no ranking dos países mais globalizados, de acordo com relatório divulgado hoje (5/5) pela consultoria A.T. Kearney. Dos 62 países analisados, o Brasil ficou na 57ª posição. Quem lidera a lista é Cingapura.

O estudo, também conhecido como Globalization Index, levou em consideração quatro quesitos: integração econômica (comércio e investimentos diretos); contato pessoal (turismo, ligações telefônicas internacionais); conectividade (internet) e engajamento político (participação em organizações internacionais, como a ONU e a OMC). Foi graças a esse último item que Cingapura se destacou.

Apesar do crescente número de internautas no Brasil, que já corresponde à metade dos usuários de toda a América Latina, o país não conseguiu manter-se estável no ranking. O principal motivo, segundo a A.T. Kearney, foram os investimentos externos diretos, cujo valor caiu cerca de 40%. Em 2003, investidores estrangeiros injetaram US$ 10,1 bilhões na economia brasileira, sendo que, no ano anterior, o aporte havia sido de US$ 16,6 bilhões.

A surpresa do relatório ficou por conta dos Estados Unidos. O país subiu duas posições no ranking e pela primeira vez aparece entre os cinco mais globalizados. O que contou para esse resultado foi o potencial tecnológico, sobretudo graças ao grande número de servidores e sites hospedados. Em contrapartida, os americanos não foram bem avaliados no quesito engajamento político. De acordo com o Globalization Index, os Estados Unidos não foram bons diplomatas em 2003: nesse quesito, aparecem em 57º lugar.

Ranking dos países mais globalizados*:
1 Cingapura
2 Irlanda
3 Suíça
4 Estados Unidos
5 Holanda
6 Canadá
7 Dinamarca
8 Suécia
9 Áustria
10 Finlândia
20 Eslovênia
30 Coréia do Sul
40 Marrocos
50 Paquistão
57 Brasil
62 Irã
* Participaram da pesquisa 62 países
Fonte: AT Kearney

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também