BC prevê déficit menor em conta corrente em 2012

BC aumentou sua expectativa de ingresso de investimento estrangeiro direto neste ano de US$ 60 bilhões para US$ 63 bilhões

Brasília – O BC reviu sua projeção para o déficit em conta corrente deste ano, de US$ 53 bilhões para US$ 52,5 bilhões. Por outro lado, a autarquia aumentou sua expectativa de ingresso de investimento estrangeiro direto (IED) neste ano de US$ 60 bilhões para US$ 63 bilhões.

A estimativa do BC para o saldo da balança comercial para 2012 aumentou, passando de US$ 18 bilhões aguardados em setembro para US$ 19 bilhões agora. O resultado, de acordo com o BC, deve ser fruto de exportações de US$ 245 bilhões e de importações totalizando US$ 226 bilhões. As projeções do BC para esses indicadores em setembro eram de US$ 248 bilhões para as vendas externas e US$ 230 bilhões para as compras internacionais.

Na conta de serviços, a projeção para os gastos com viagens no exterior está deficitária em US$ 15,5 bilhões. Para transportes, é aguardado um déficit este ano de US$ 8,7 bilhões e de US$ 18,5 bilhões com aluguel de equipamentos. Já o item “demais serviços” deve ter saldo positivo de US$ 3 bilhões.

Na conta de rendas, o BC aguarda um déficit de US$ 34,6 bilhões, com o salários registrando saldo positivo de US$ 500 milhões, porém pagamento com juros de US$ 11,4 bilhões. O maior rombo dessa conta o BC prevê para a rubrica de lucros e dividendos, cuja previsão passou de US$ 24 bilhões para US$ 23,7 bilhões. Já as transferências correntes devem ter saldo positivo de US$ 2,8 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.