BC do Chile decide cortar taxa de juros para 2,5%

No plano externo, a instituição diz que as condições financeiras continuam favoráveis e com um cenário de maior crescimento no mundo desenvolvido

São Paulo - O Banco Central do Chile decidiu nesta quinta-feira reduzir a taxa básica de juros em 0,25 ponto porcentual, para 2,5%.

No plano externo, a instituição diz que as condições financeiras continuam favoráveis e com um cenário de maior crescimento no mundo desenvolvido.

Os preços das matérias-primas, por sua vez, tiveram movimentos "mistos, com uma baixa do preço do cobre". Ao mesmo tempo, diz que há "riscos relevantes" no cenário internacional, sem citar detalhes.

No plano interno, o BC chileno diz em seu comunicado que a inflação anual permaneceu em 2,7% e que as expectativas de inflação no fim do horizonte de projeção estão perto da meta de 3%.

"O consumo privado permanece estável, de acordo com o comportamento do mercado de trabalho", afirmou a instituição.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também