Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

BC da Argentina mantém taxa de juros em 75%, apesar de escalada da inflação

A decisão deixa o taxa nominal da chamada Letra de Liquidez (Leliq) de 28 dias em 75% ao ano, conforme já havia sido adiantado pela imprensa

Modo escuro

Argentina: a autoridade monetária atribuiu o avanço inflacionário aos aumentos de preços em categorias sazonais (vegetais e turismo) e reguladas (transporte, gás e comunicação) (Hector Vivas/Getty Images)

Argentina: a autoridade monetária atribuiu o avanço inflacionário aos aumentos de preços em categorias sazonais (vegetais e turismo) e reguladas (transporte, gás e comunicação) (Hector Vivas/Getty Images)

O Banco Central da Argentina confirmou, nesta quinta-feira, 16, a manutenção dos juros nos níveis atuais, apesar da aceleração da inflação em janeiro. A decisão deixa o taxa nominal da chamada Letra de Liquidez (Leliq) de 28 dias em 75% ao ano, conforme já havia sido adiantado pela imprensa.

Em comunicado, a autoridade monetária atribuiu o avanço inflacionário aos aumentos de preços em categorias sazonais (vegetais e turismo) e reguladas (transporte, gás e comunicação) e disse que o núcleo do indicador ficou praticamente estável.

"Dessa forma, os juros permanecem em território positivo em termos reais, o que garante a proteção da poupança em pesos e contribui para manter ancoradas as expectativas cambiais, favorecendo o processo de desinflação", ressalta a nota.

O BC argentino acrescentou que continuará monitorando a evolução dos preços e do câmbio, com intenção de calibrar sua política e gestão de liquidez conforme necessária.

Créditos

Últimas Notícias

ver mais
Lira comemora aprovação do arcabouço e garante reforma tributária no primeiro semestre
Economia

Lira comemora aprovação do arcabouço e garante reforma tributária no primeiro semestre

Há 3 horas
Arcabouço fiscal: veja 6 alterações do novo texto aprovado pela Câmara
Economia

Arcabouço fiscal: veja 6 alterações do novo texto aprovado pela Câmara

Há 3 horas
Laboratório a céu aberto na Amazônia ganha R$ 12,3 milhões do Reino Unido
Economia

Laboratório a céu aberto na Amazônia ganha R$ 12,3 milhões do Reino Unido

Há 6 horas
Lula se reúne com Alckmin e Haddad em meio à expectativa para reduzir preço de carros populares
Economia

Lula se reúne com Alckmin e Haddad em meio à expectativa para reduzir preço de carros populares

Há 6 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais