Barroso: nem todos na Europa entenderam urgência da situação

"Estamos em um momento decisivo da integração europeia, marcado por uma emergência social", declarou o presidente da Comissão Europeia

Estrasburgo - O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, afirmou nesta quarta-feira que muitos governos ainda não entenderam a gravidade da crise que afeta a Eurozona.

"Estamos em um momento decisivo da integração europeia, marcado por uma emergência social", declarou Barroso no Parlamento Europeu em Estrasburgo (leste da França).

O discurso de Barroso foi centrado nos preparativos da reunião de cúpula da União Europeia (UE) de 28 e 29 de junho em Bruxelas, no momento em que a Itália está sob forte pressão dos mercados, depois que as tensões obrigaram Bruxelas a aprovar um resgate do setor bancário espanhol.

"Temos que reconhecer que estamos diante de um problema sistêmico, para o qual se impõem uma visão e medidas concretas", disse Barroso.

Mas aparentemente nem todos perceberam a gravidade do diagnóstico.

"Não tenho certeza de que todas as capitais tenham entendido a urgência da situação", destacou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também