Balança comercial tem déficit de US$ 552 milhões na 2ª semana de setembro

Em todo o mês, o superávit acumulado é de US$ 931 milhões; já no total do ano, saldo positivo chega a US$ 32,475 bilhões
Balança comercial: no acumulado do ano, superávit é de US$ 32,475 bilhões (Bia Parreiras/Exame)
Balança comercial: no acumulado do ano, superávit é de US$ 32,475 bilhões (Bia Parreiras/Exame)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 16/09/2019 às 16:07.

Brasília — A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 552,241 milhões na segunda semana de setembro. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 4,822 bilhões e importações de US$ 5,374 bilhões.

Em setembro, o superávit acumulado é de US$ 931,913 milhões. Já no total do ano, o superávit é de US$ 32,475 bilhões.

No mês, houve queda de 5,15% na média diária das exportações na comparação com setembro do último ano, passando de US$ 1,01 bilhão para US$ 957,869 milhões. No período, houve aumento nas vendas em Produtos Manufaturados (25,2%) e recuo nos envios para o exterior em Produtos Semimanufaturados (-31,34%) e Produtos Básicos (-15,23%).

Já as importações registraram alta de 16,39% na média diária em igual comparação. Elas saíram de US$ 742,943 milhões para US$ 864,678 milhões. As maiores altas no período foram de Bebidas e álcool (42,91%), Farmacêuticos (6,29%) e Plásticos e obras (4,34%). Enquanto isso, as maiores quedas foram: Aeronaves e peças (-56,56%), Algodão (-21,24%) e Veíc.automóveis e partes (-21,05%).