Atividade manufatureira alemã sobe pela primeira vez em 4 meses

Alta na Alemanha sinaliza que a maior economia da Europa provavelmente evitará uma recessão de inverno

Berlim - O setor manufatureiro da Alemanha cresceu em janeiro pela primeira vez em quatro meses, segundo mostrou uma pesquisa nesta quarta-feira, sinalizando que a maior economia da Europa provavelmente evitará uma recessão de inverno, pois enfrenta a crise da zona do euro de melhor forma em relação aos demais países.

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do grupo de pesquisa Markit subiu para 51,0 em janeiro, ante 48,4 em dezembro e 0,1 ponto acima da leitura preliminar no final de janeiro. O índice ficou acima do limiar de 50, que separa a contração da expansão na atividade, pela primeira vez desde setembro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.