A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Argentina aumenta base salarial mínima para imposto de renda

Os trabalhadores que recebem um salário bruto mensal de até 175.000 pesos (1.777 dólares) ficarão isentos de impostos

A Argentina aumentará a base salarial mínima sobre a qual se paga o imposto de renda, em uma tentativa de melhorar o poder aquisitivo dos trabalhadores, informou o Ministério da Economia na quarta-feira em comunicado.

  • Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

Os trabalhadores que recebem um salário bruto mensal de até 175.000 pesos (1.777 dólares) ficarão isentos de impostos. Também não será tributado o salário anual complementar. Até agora, o piso sobre o qual se pagava o tributo era 150.000 pesos.

A medida busca "fortalecer o poder aquisitivo dos contribuintes e de suas famílias e, com isso, a consolidação da demanda e do mercado interno", disse o ministério.

Devido à inflação alta que aflige o país, os salários tendem a se ajustar, o que implica que mais trabalhadores alcançam o mínimo sobre o qual se paga o imposto de renda.

A medida busca "assegurar que durante 2021 não aumente, consequência do crescimento dos salários nominais, o número de pessoas afetadas este ano pelo tributo", completou o ministério.

Nesta semana, o governo anunciou um aumento do salário mínimo a 31.104 pesos a partir de setembro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também