Altas de juros são decisivas para crescimento, diz diretor do Fed

John Williams afirmou que o banco central dos EUA precisa continuar elevando os juros gradualmente para manter a economia em equilíbrio

Sydney - Com a economia dos Estados Unidos em pleno emprego e a inflação a caminho de alcançar a meta do Federal Reserve de 2 por cento no próximo ano, o banco central dos EUA precisa continuar elevando os juros gradualmente para manter a economia em equilíbrio, afirmou nesta segunda-feira o presidente do Fed de San Francisco, John Williams.

"Se demorarmos demais, a economia vai superaquecer, provocando inflação ou algum outro problema", disse Williams em declarações preparadas para apresentação na Universidade de Tecnologia de Sydney.

"Elevar gradualmente a taxa de juros para levar a política monetária de volta ao normal nos ajuda a manter a economia crescendo a uma taxa que pode ser sustentável por mais tempo."

Neste mês o Fed elevou a taxa de juros pela segunda vez este ano, e sinalizou que planeja elevá-la mais uma vez em 2017 e três vezes em 2018. Mas com a inflação enfraquecendo recentemente e o crescimento econômico em 2 por cento, operadores têm apostado que o Fed acabará indo muito mais lentamente.

Como a chair do Fed, Janet Yellen, Williams disse acreditar que as recentes leituras fracas de inflação serão transitórias, e prevê o retorno da inflação a 2 por cento até o próximo ano.

Williams também afirmou que o mercado de trabalho continuará a se fortalecer, com a taxa de desemprego, agora na mínima de 16 anos de 4,3 por cento, devendo cair mais e permanecendo pouco acima de 4 por cento no próximo ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.