Alíquota do IOF vai a 1,5% nas operações de crédito do BNDES

A nova alíquota valerá para o 1º ano dos empréstimos. Até então, a alíquota estava zerada e a mudança faz parte dos aumentos de impostos anunciados pelo governo

Brasilia - A partir desta terça-feira, as operações de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vão sofrer incidência de alíquota de 1,5 por cento do IOF, o que vai gerar receita extra para a União de 3 bilhões de reais em 12 meses, informou a coordenadora de tributos da Receita Federal, Cláudia Lúcia Pimentel.

A nova alíquota vai valer para o primeiro ano dos empréstimos. Até então, a alíquota estava zerada e a mudança faz parte dos aumentos de impostos anunciados pelo governo na véspera para tentar minimizar o cenário de déficit primário esperado para 2016.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.