Alckmin: reajuste para servidores do ensino sai amanhã

Alckmin não informou o porcentual que será concedido, mas a expectativa é de que seja anunciada uma nova política salarial

São Paulo - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou hoje que anunciará amanhã o reajuste salarial dos servidores da rede estadual de ensino. Alckmin não informou o porcentual que será concedido, mas a expectativa é de que seja anunciada uma política salarial, ou seja, um sistema de aumento escalonado ao longo dos quatro anos de mandato.

Uma política salarial para os profissionais do ensino - professores e demais servidores - é um dos principais projetos do secretário de Educação, Herman Voorwald, que tem defendido, desde sua indicação ao cargo, a instituição de medidas de valorização dos docentes. A rede estadual tem hoje 220 mil professores.

"O foco do governo é educação", disse o governador. "É aluno mais tempo na escola. É investir no professor, na valorização do professor, no estímulo do professor", afirmou, após a inauguração da Escola Técnica Estadual (Etec) de Barueri, cidade da região metropolitana de São Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.