Aço Brasil alerta que País tem isenção na taxação por período de 30 dias

Setor considera "imprescindível" que Temer telefone para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e peça a exclusão definitiva do Brasil da lista

Brasília - O presidente executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo Mello Lopes, disse nesta quinta-feira, 22, que a exclusão temporária do Brasil da lista de países sobre os quais os Estados Unidos aplicarão uma sobretaxa de 25% em suas importações de aço é uma boa notícia, mas deve ser analisada com serenidade. "O Brasil tem isenção na taxação por um período de 30 dias. Vai ter um processo negocial."

Por isso, o setor considera "imprescindível" que o presidente Michel Temer telefone para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e peça a exclusão definitiva do Brasil da lista. Lopes informou que conversou mais cedo com Temer e ele disse que o telefonema já estaria agendado. A conversa deverá ocorrer ainda nesta quinta.

O executivo também disse que tinha informações extraoficiais de que a Casa Branca fará dois anúncios hoje: a lista oficial de países excluídos e as regras para exclusão. A expectativa é de que, com isso, sejam esclarecidas dúvidas sobre como funcionará a exclusão. Se, por exemplo, os exportadores brasileiros precisarão depositar uma caução correspondente à sobretaxa.

Os esforços para liberar os produtos brasileiros da sobretaxa prosseguem. O Instituto contratou um escritório, o Steptoe & Johnson, para lhe dar apoio jurídico em Washington. Além disso, as empresas exportadoras brasileiras já contataram 100% de seus clientes nos Estados Unidos e pediram a eles que ingressem com pedidos de exclusão dos produtos brasileiros da sobretaxa.

Em outra frente, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende ir a Washington e reforçar contatos com parlamentares americanos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.