A renda de cada país do mundo em um único mapa

Infográfico mostra por país a renda disponível, abaixo de US$ 300 em alguns africanos e acima de US$ 6 mil em lugares como a Suíça

São Paulo - Depois de pagar seus impostos, um suíço tem em média US$ 6.301 para gastar no mês.

É 3 vezes mais do que um italiano e quase 10 vezes mais que um russo, de acordo com mapas criados pelo site Movehub com informações do Numbeo.com e do Nation Master.

No Brasil, a renda disponível é de 757 dólares, um pouco acima da China (US$ 731), mas abaixo da vizinha Argentina (US$ 1.018,58).

De forma geral, se destacam Austrália, Estados Unidos, Canadá e europeus como de renda alta, com todo o resto na faixa média ou baixa. 

O número médio também mascara as desigualdades internas, como mostra bem o mapa dos Estados Unidos. A renda na capital Washington DC é de US$ 5.450, cerca de o dobro de Mississippi: US$ 2.650.

Outros especialistas também criaram nos últimos meses outras visualizações interessantes de temas econômicos complexos. É o caso do mapa que mostra a volta da China para o centro de gravidade global e do gráfico com os países do mundo por riqueza e tamanho.

Veja abaixo o infográfico completo de renda disponível. O vermelho indica as menores rendas (abaixo de 400 dólares mensais) e o azul escuro indica as maiores (acima de US$ 3.500):

MAP: Monthly Disposable Income Around the World

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também