A página inicial está de cara nova Experimentar close button

48,6% de executivos veem inflação maior em 2014, diz Amcham

Para 48% dos entrevistados, a inflação deverá ficar estável e para outros 3,4% a inflação deverá recuar em 2014

São Paulo - A inflação deve continuar a subir no próximo ano para 48,6% de 148 participantes do 5º Round Up - Perspectivas para 2014, evento econômico que a Câmara Americana de Comércio (Amcham) realizou nesta terça-feira, 01, em São Paulo.

O universo de profissionais que responderam à pesquisa é formado por presidentes, vice-presidentes, diretores, gerentes, chefes de departamentos, supervisores e coordenadores.

De acordo com o levantamento, para 48% dos entrevistados, a inflação deverá ficar estável e para outros 3,4% a inflação deverá recuar em 2014. O câmbio deverá continuar crescente para 41,7% de um total de 139 respostas, enquanto para 48,9% o dólar deverá se estabilizar. Apenas 9,4% disseram acreditar que o câmbio deva recuar no ano que vem.

Com relação à Selic, a pesquisa consultou 154 empresários. Do total, 55,4% entendem que a taxa básica de juro vai subir no ano que vem; 37% projetam estabilidade e 8,4%, queda. O Produto Interno Bruto (PIB) deve aumentar para 31,4% das 159 respostas, ficar estável para 47,8% e cair para 20,8%.

Com relação ao desempenho das vendas das empresas no ano que vem, 60% de 149 executivos acreditam em crescimento em 2014. Outros 34% preveem estabilidade no volume de vendas e 7% esperam queda. O lucro das empresas em 2014 deve crescer para 46% de um total de 148 respostas. Deve ficar estável para 41% e cair para 13% dos pesquisados.

Ainda conforme o levantamento da Amcham, 34% de 104 executivos preveem aumento dos investimentos de suas empresas no próximo ano. Outros 54% esperam estabilidade e 13%, redução. De um total de 127 executivos, 24% pretendem aumentar seu quadro de funcionários em 2014; 59% pretendem manter o quadro e 17% reduzir o número de funcionários.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também