1ª moeda social com cartão de débito é implementada no Rio

A Moeda Social Mumbuca vai transferir mensalmente o equivalente a R$ 70 para cerca de 13 mil famílias de baixa renda gastarem no comércio local conveniado

Rio de Janeiro – A primeira moeda social com cartão de débito do país foi implementada hoje (30) no município de Maricá, região dos Lagos do Rio de Janeiro.

A Moeda Social Mumbuca vai transferir mensalmente o equivalente a R$ 70 para cerca de 13 mil famílias de baixa renda gastarem no comércio local conveniado.

O programa que será financiado pelos royalties do petróleo pretende fortalecer a economia da cidade e promover inclusão social para a faixa mais vulnerável da população.

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá explicou que à medida que os royalties aumentarem no município, o valor do benefício poderá chegar a R$ 300 até 2016.

“As moedas sociais movimentam mensalmente cerca de R$ 300 mil em todo o país. Em Maricá esta moeda vai gerar R$ 900 mil por mês neste período inicial. Em 2016 deve movimentar cerca de R$ 6 milhões por mês”, comentou o prefeito ao adiantar que o programa deve atender 13.500 famílias até 2016.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Maricá tem cerca de 127 mil habitantes.

De acordo com Quaquá, o alto valor foi o que motivou a prefeitura a adotar o cartão eletrônico.“Isso acabou servindo de exemplo para o Brasil pois evita a possibilidade de fraude na emissão de moeda em papel”.

As moedas sociais já foram implementadas em outras cidades do país, como Fortaleza, mas a moeda é usada com cédulas em papel.

O Instituto Banco Palmas que trabalha com práticas solidárias ganhou a licitação para gerenciar o sistema.

Além da moeda, a prefeitura pretende criar até maio de 2014, um banco para fazer empréstimos a baixo custo com política de qualificação e assistência técnica para os pequenos empreendedores interessados.

O cadastramento dos beneficiados continua aberto. Mais informações podem ser obtidas na página da Prefeitura. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.