NFT de Beeple é vendido a US$ 70 milhões e quebra recorde no mundo das artes

NFT que estava sendo vendido pela tradicional casa de leilões Christie's, torna-se a terceira obra de arte mais cara de um artista vivo na história
 (Beeple / Christie's/Divulgação)
(Beeple / Christie's/Divulgação)
G
Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 11/03/2021 às 12:42.

Última atualização em 11/03/2021 às 12:49.

O recorde do NFT vendido pelo CEO do Figma, Dylan Field, durou pouco. Horas depois de negociar seu CryptoPunk #7804 por mais de 7,5 milhões de dólares, o recorde de NFT mais caro de todos os tempos já foi quebrado, e com uma ampla margem: a obra "EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS", do renomado artista digital Beeple, cujo leilão terminou nesta quinta-feira, 11, foi arrematado por incríveis 69,3 milhões de dólares, ou 387 milhões de reais.

A obra foi negociada pela tradicional casa de leilões britânica Christie's, na primeira operação envolvendo arte digital em seus mais de 250 anos de história, em parceria com o site especializado em NFTs MakersPlace.

O valor coloca a obra de Beeple não apenas como a mais cara da história dos NFTs, mas também como a terceira mais cara de qualquer artista vivo, incluindo obras tradicionais e que nada têm a ver com blockchain, criptoativos e internet. Esse ranking é liderado por obras de Jeff Koons e David Hockney, cujas obras foram negociadas, em 2019 e 2018, respectivamente, por valores próximos a 90 milhões de dólares.

Beeple é um dos nomes mais conhecidos no mundo da arte digital e dos NFTs. Antes da conclusão do leilão na Christie's, ele já acumulava quase 30 milhões de dólares em obras vendidas, segundo o Crypto Art — no final de 2020, vendeu uma coleção por 4 milhões e, em fevereiro deste ano, a obra "CROSSROAD" por 6,6 milhões de dólares.

A obra "EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS" reúne os 5.000 primeiros desenhos feitos por ele desde maio de 2007, quando decidiu criar o projeto que inclui a criação de uma arte digital por dia.

NFTs são ativos digitais únicos, que contêm informações de propriedade e outros dados registrados em blockchain, muito utilizados para digitalização e "tokenização" de itens digitais como arte, colecionáveis ou itens de jogo. Em geral, NFTs são mantidos no blockchain Ethereum, mas outros blockchains, como o Flow, também suportam esse tipo de token.

O leilão de "EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS" foi iniciado no dia 25 de fevereiro e recebeu 353 lances, chegando a 1 milhão de dólares menos de uma hora depois de ser inaugurado.