Ether atinge novo recorde e pode subir mais 150% segundo analista

Capitalização de mercado do Ethereum se aproxima de JP Morgan e especialista projeta alvo em 10.500 dólares
 (Thomas Trutschel/Getty Images)
(Thomas Trutschel/Getty Images)
L
Lucas Josa

Publicado em 10/05/2021 às 16:06.

Última atualização em 10/05/2021 às 16:14.

Após subir mais de 40% em uma semana, o ether atingiu nesta segunda-feira, 10, 4.200 dólares, registrando uma nova máxima histórica para o ativo, que está muito próximo de superar a capitalização de mercado do JP Morgan e, de acordo com especialistas, pode superar os 10 mil dólares.

Em um dia com aproximadamente 7% de alta, às 13h30 no horário de Brasília, o ether alcançou pela primeira vez, o patamar de 4.200 dólares, registrando uma alta de 470% desde o início do ano, atingindo a capitalização de mercado de 485,9 bilhões dólares, aproximadamente 9 bilhões abaixo do valor do JP Morgan, que é hoje o maior banco dos EUA, com mais de 2,3 trilhões de dólares sob custódia. 

De acordo com o relatório sobre o mercado de criptomoedas publicado por David Grider, líder de estratégia de ativos digitais da FundStrat, o ether está caminhando para atingir o alvo de 10.500 dólares ainda este ano, principalmente por conta do crescimento do ecossistema das finanças descentralizadas (DeFi) e suas novas aplicações financeiras, que são majoritariamente desenvolvidas na rede Ethereum.

“A narrativa criptográfica está mudando de bitcoin para ethereum e outros segmentos como DeFi (finanças descentralizadas) e aplicativos da Web 3.0”, pontuou David.

Além disso, o estrategista também comentou sobre a nova atualização da rede Ethereum, o EIP 1559 e como ela pode impactar o preço do ether. De acordo com Grider, a nova atualização que promete resolver a questão das altas taxas de transferência de rede e tornar o ether deflacionário, podem fazer com que o criptoativo se torne algo além do bitcoin e, até mesmo, tornassem a rede lucrativa.

“Acreditamos que as taxas são uma forma importante de olhar para o Ethereum, dadas as mudanças futuras em sua estrutura de rede com o EIP 1559. O Ethereum está passando de uma moeda, como o bitcoin, para um ativo de capital criptográfico, no qual uma parte das taxas de transação da rede são usadas para recomprar (queimar) e retirar (ações em tesouraria) do fornecimento de ether… Isso significa que a rede se tornaria “lucrativa”, como uma empresa, uma vez que a redução da oferta de ether proveniente das taxas queimadas superasse a inflação”, completou David

Além do ether, outros criptoativos têm mostrado um grande desempenho no ano de 2021, como a dogecoin. Após conquistar Elon Musk, a criptomoeda atingiu uma alta de 14.000% no ano e foi utilizada pela SpaceX como forma de pagamento para a missão DOGE-1, a primeira operação aeroespacial paga com um criptoativo.

No curso "Decifrando as Criptomoedas" da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, head de criptoativos da Exame, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o funcionamento. Confira.