• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Corinthians entra para o mercado de criptomoedas e lança token de torcedor

Clube paulista lança criptomoeda própria em plataforma que já conta com times como o Atlético-MG, PSG, Barcelona, Juventus e muitos mais
 (Getty Images/Jon Hicks)
(Getty Images/Jon Hicks)
Por Lucas Caram, Cointelegraph BrasilPublicado em 22/06/2021 13:49 | Última atualização em 22/06/2021 17:50Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Um dos maiores clubes do futebol brasileiro, o Corinthians anunciou nesta terça-feira, 22, que será mais um clube brasileiro no mercado de criptomoedas, graças à uma parceria com a Chiliz para o lançamento do seu token de torcedor em blockchain.

O anúncio do clube foi feito nas redes sociais e através da assessoria de imprensa da Chiliz. Com a iniciativa, o Corinthians junta-se à uma gama de 39 clubes do mundo todo que têm fan tokens lançados em parceria com a startup blockchain, entre eles o brasileiro Atlético Mineiro e gigantes europeus como PSG, Juventus e Barcelona.

Os tokens SCCP seguem o mesmo padrão dos outros projetos de fan tokens. Os proprietários da criptomoeda poderão participar de decisões do clube, promoções especiais, adquirir conteúdo exclusivo e receber recompensas por interação na plataforma da Chiliz, a Socios.com.

Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, se pronunciou sobre a iniciativa: “Temos o orgulho de anunciar esta parceria com a Socios.com e a Chiliz como resultado de nossa intensa busca por inovações e novas plataformas de engajamento com nossa torcida. Agora, mais de 35 milhões de torcedores no Brasil e muitos mais ao redor do mundo poderão interagir com o Corinthians de formas emocionantes, onde quer que eles estejam. Como nossos tempos exigem muito avanço no ambiente digital, este é um passo importante que comprova nosso foco na modernização”.

O CEO da Chiliz, Alexandre Dreyfus, comemorou o acerto e mostrou-se empolgado com o novo fan token, já que o Corinthians conta com uma das maiores torcidas do mundo, de cerca de 30 milhões de pessoas, que agora poderão ser impactada pelo mercado de criptomoedas.

“Este é realmente mais um marco em nossas parcerias. O Corinthians é um time com uma das maiores torcidas do planeta, com uma base local incrivelmente apaixonada e uma diáspora de torcedores ao redor do mundo, todos querendo uma conexão maior com seu time do coração. Os fan tokens SCCP darão aos torcedores dessa camisa hstórica a chance de desfrutar de uma influência e um engajamento sem precedentes. Os fan tokens vão moldar o futuro das interações para os torcedores no Brasil, na América do Sul e ao redor do planeta, e estou muito satisfeito por o Corinthians ter se tornado o mais recente gigante a se unir a essa transformação inédita de fãs passivos para participantes ativos – um movimento que criará uma relação melhor entre torcidas e clubes”, disse o executivo.

Neste ano a Chiliz expandiu suas operações no mundo e já conta com escritórios na Espanha, Turquia, Argentina e São Paulo. A empresa blockchain também planeja abrir uma sede nos Estados Unidos. Além de parceiros poderosos no mundo do futebol, a empresa também formou parcerias em outros esportes, como o UFC e a Fórmula 1.

por Cointelegraph Brasil

No curso "Decifrando as Criptomoedas" da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o seu funcionamento. Confira.

Veja Também

Bitcoin recupera US$ 30 mil e criptomoedas de DeFi lideram ganhos
Future of Money
Há 13 horas • 2 min de leitura

Bitcoin recupera US$ 30 mil e criptomoedas de DeFi lideram ganhos

O fim da Terra LUNA e a capitulação do mercado: uma retrospectiva
Future of Money
Há 13 horas • 4 min de leitura

O fim da Terra LUNA e a capitulação do mercado: uma retrospectiva

48% dos brasileiros não investem em criptoativos por pouco conhecimento
Future of Money
Há 14 horas • 2 min de leitura

48% dos brasileiros não investem em criptoativos por pouco conhecimento