Acompanhe:

Perdi o prazo de entrega do IR. E agora?

A data limite para entrega das declarações encerra no dia 31 de maio. Atraso rende multa e, em alguns casos, até o cancelamento do CPF

Modo escuro

A multa por atrasar a entrega da declaração de IR é de 1% ao mês, calculado sobre o valor do imposto devido na declaração, e limitada a 20% (Hillary Kladke/Getty Images)

A multa por atrasar a entrega da declaração de IR é de 1% ao mês, calculado sobre o valor do imposto devido na declaração, e limitada a 20% (Hillary Kladke/Getty Images)

D
Da Redação

Publicado em 30 de maio de 2022, 09h00.

Última atualização em 5 de agosto de 2022, 10h58.

Todo ano, chega esta época, e os mais atrasados começam a ficar tensos com a declaração do Imposto de Renda. E se não der tempo?

Não são poucos os contribuintes que deixam a obrigação para a última hora.

A Receita Federal informou que recebeu 25 milhões de declarações até as 11h do dia 23 de maio. Com o prazo final chegando, às 23h59 do dia 31 de maio, cerca de 9 milhões de pessoas ainda não tinham entregue o ajuste anual. 

O que acontece com quem não entrega o IR na data certa?

Quem está obrigado a declarar o Imposto de Renda e não o faz tem que arcar com uma multa e, em alguns casos, pode até ter o CPF cancelado, o que impede a movimentação de contas bancárias, solicitação de financiamentos, emissão de passaporte e compra e venda de imóveis.

A multa por atrasar a entrega da declaração de IR é de 1% ao mês, calculado sobre o valor do imposto devido na declaração, limitada a 20%. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74. 

Quem precisa declarar o Imposto de Renda

  • Quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano de 2021;
  • As pessoas com rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem obteve receita bruta superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha, até 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês de 2021 e se encontrava nessa condição em 31 de dezembro;
  • Quem optou pela isenção do imposto incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais e cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis localizados no país, no prazo de 180 dias, contados da celebração do contrato de venda.

Como declarar o IR atrasado

Caso você perca o prazo da declaração do IR 2022, o procedimento de regularização da pendência é simples. Mas, vale lembrar, que quanto mais tempo o contribuinte levar para fazer a declaração, maior será a multa.

Para declarar o IR atrasado, basta o contribuinte baixar o programa gerador do Imposto de Renda no site da Receita Federal e preencher da mesma forma como se estivesse fazendo dentro do prazo. 

Ao terminar de preencher a declaração, o contribuinte será informado, no próprio programa do IR, qual é o valor do imposto devido (se houver).

Caso haja um valor a pagar, serão calculados automaticamente juros e multa, gerando uma DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) a ser paga.