Acompanhe:

Empreendedor fatura milhões com despedidas de solteiro

Segundo empresário, é preciso quebrar a ideia de que o evento é sinônimo de traição; agência já realizou festas em 16 países e cuida de toda a produção

Noiva e amigas comemoram despedida de solteiro no Rio de Janeiro, em viagem organizada pela Hangover (Hangover/Divulgação)

Noiva e amigas comemoram despedida de solteiro no Rio de Janeiro, em viagem organizada pela Hangover (Hangover/Divulgação)

D
Da Redação

Publicado em 9 de janeiro de 2023, 10h00.

Última atualização em 10 de janeiro de 2023, 09h59.

Sobre o nome da agência, Hangover, em inglês, quer dizer ressaca. Mas o batismo foi inspirado no filme “The Hangover”, que no Brasil foi traduzido para “Se Beber Não Case”. O filme ficou mundialmente conhecido por um grupo de quatro amigos que vão para Las Vegas (EUA) curtir a despedida de solteiro de um deles. 

Quando o primeiro amigo da sua turma decidiu se casar, Eduardo Vespa, 31, ficou responsável por organizar a despedida de solteiro em Florianópolis (SC). Só que ele nunca tinha participado de uma, muito menos organizado. 

“Eu não sabia nem por onde começar. Procurei ajuda no Google, mas não encontrei nada que pudesse me ajudar nessa missão”. Foi nesse momento que ele percebeu que ali havia um mercado pouco explorado. Muita gente achou a ideia um pouco maluca, mas de fato virou um negócio.

Em 2017, Vespa abriu as portas da Agência Hangover, especializada em organizar despedidas de solteiro. Foram R$ 2 mil de investimento inicial, que ele tirou de suas economias, para pagar um escritório de contabilidade para confecção de contrato social e abertura de CNPJ e anúncios no Google. “O primeiro site e o primeiro logo foram feitos por mim, então não tiveram custos”, conta.

Ex-bancário, Eduardo Vespa não tinha experiência no setor de turismo e eventos antes de abrir a agência que organiza viagens para despedidas de solteiros (Hangover/Divulgação)

Faturamento milionário

Ainda que a ideia de negócio fosse inusitada, deu certo. Desde então, a Hangover já realizou mais de 400 despedidas de solteiro, em 16 países. Em 2022, o faturamento chegou a R$ 4 milhões, mais que o dobro do ano anterior.

Vespa diz que não há um valor médio cobrado pela despedida de solteiro, porque elas são todas personalizadas. O noivo ou a noiva são entrevistados para traçar um perfil e oferecer experiências no estilo de cada um. “Vendemos muito mais que uma despedida de solteiro, vendemos a melhor experiência da vida deles antes do dia mais importante de suas vidas”, diz o empreendedor. 

Ele comenta que para oferecer a estrutura e proporcionar a experiência as despedidas partem de R$ 15 mil. O valor inclui  passagens, hospedagens, alimentação e o entretenimento personalizado para cada grupo. Além de um cozinheiro e equipe de limpeza para manter a casa organizada, os participantes podem contar com o apoio de um host local para conferir se tudo está indo como desejado.

Os pacotes podem incluir festas em barcos, shows badalados, camarotes VIP em rodeios etc. – tudo depende do perfil do noivo ou da noiva. “O objetivo da Hangover é que as despedidas de solteiro se tornem uma questão cultural”, diz Vespa. “O maior desafio é quebrar a barreira que a despedida é sinônimo de traição.”

Destinos para despedida de solteiro

Segundo Vespa, os grupos que viajam com a Hangover são de todos os tamanhos. “Recentemente, um grupo de cinco pessoas fechou uma despedida para Jurerê Internacional e outro de 40 pessoas para o interior de São Paulo, mas, em média, 15 pessoas participam da despedida.”

Com uma procura bem dividida, metade dos clientes é homens e metade, mulheres, a agência costuma levar para as comemorações os melhores amigos ou amigas dos noivos, padrinhos e madrinhas. “Ao contrário do casamento, a despedida é realmente para poucas pessoas, só as pessoas mais importantes e próximas aos noivos participam”, diz Vespa. 

No momento, os destinos nacionais são os mais procurados, ainda pela influência da pandemia, que fez com que muitos países ainda tivessem algumas medidas restritivas”, explica Vespa. Na lista dos principais lugares para fazer a despedida de solteiro estão Jurerê Internacional (SC), Balneário Camboriú (SC), Rio de Janeiro (RJ), Trancoso (BA) e Goiânia (GO).