Onde comprar roupa online? Pesquisa revela as melhores lojas

Além de avaliar a experiência de compra, PROTESTE alerta para os cuidados que o consumidor deve ter para evitar prejuízos
Moda online: escolher uma loja confiável e evitar compras por impulso são estratégias para ficar longe de problemas nas compras pela pela internet (Oleg Breslavtsev/Divulgação)
Moda online: escolher uma loja confiável e evitar compras por impulso são estratégias para ficar longe de problemas nas compras pela pela internet (Oleg Breslavtsev/Divulgação)
D
Da Redação

Publicado em 29/08/2022 às 08:00.

Última atualização em 01/09/2022 às 11:21.

Comprar roupas pela internet já era uma prática de muitos brasileiros antes da pandemia. Após o isolamento social, a tendência ganhou ainda mais força. Dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostram que o faturamento do setor de vestuário online fechou em R$ 6,5 bilhões nos primeiros seis meses de 2022, um crescimento de cerca de 2% na comparação com 2021.

Alexandre Crivellaro, diretor de inteligência de mercado da ABComm, afirma que esse crescimento é tímido se comparado com o de 2021 frente a 2020, que foi

de quase 20%. Mas pontua alguns fatores explicam esse dado, como: 

  • O menor crescimento do e-commerce geral em 2022, que foi de cerca de 5% no primeiro semestre, quando se esperava uma alta de mais de 6%.
  • O aumento do preço dos combustíveis, que impactou no preço do frete. “Se pensarmos que a categoria de moda e acessórios tem tíquete médio abaixo dos R$ 200, o frete pode representar de 5% a 10% do valor da entrega do produto.”
  • Outro fator impactante foi o preço da matéria-prima, nesse caso o algodão, que teve alta de 41% em 2021. 

É seguro comprar roupa online?

Crivellaro diz que em termos de qualidade de serviços, o segmento de vestuário online tem investido muito na segurança da compra, resolvendo problemas de troca com aumento do prazo de devolução acima daquele determinado pelo Código do Consumidor, além de permitir que muitos produtos sejam trocados em lojas físicas.

“Podemos observar no Reclame Aqui, por exemplo, que os grandes varejistas do segmento procuram resolver todos os problemas e têm avaliações acima de 8, em uma escala de 10, o que demonstra o compromisso com os clientes”, diz Crivellaro.

Recentemente, a PROTESTE, instituição de defesa do consumidor, fez uma análise para descobrir o que as lojas de vestuário online fazem para garantir uma experiência satisfatória para o cliente. Foram analisadas 11 marcas de moda, em critérios como processo de compra, formas de pagamento, processo e qualidade da entrega, suporte ao consumidor e pós-venda. 

No resultado geral, duas lojas – Renner e C&A – foram as melhores do teste, recebendo a chancela “excelente qualidade”. Na sequência, aparecem em ordem de melhor avaliação: Marisa, Zara, Riachuelo, Reserva, Dafiti, Hering, Amaro, John John e Bobstore.

Como comprar roupas online?

O aspecto mais importante é comprar em uma loja confiável, afirma Daniel Alves de Barros, especialista da PROTESTE, pois existem várias lojas online e a compra por impulso e sem conhecer a reputação do site aumenta a chance de ter algum problema com entrega ou de se deparar com uma loja fraudulenta.

A seguir, algumas recomendações de Barros para fazer uma boa compra de roupas online:

  • Entre no site oficial da loja e procure pela oferta no buscador da própria loja;
  • Ofertas com preço muito reduzido costumam indicar fraude. É importante ter em mente que toda empresa necessita ter uma margem de lucro para manter suas atividades. Portanto, um preço muito baixo serve como um dos critérios de avaliação;
  • Verifique as formas de pagamento e desconfie quando existem apenas poucas formas. Pessoas mal intencionadas aplicam golpes via emissão de boleto (que costuma ser falso e direcionar o pagamento para uma conta de pessoa física e não de uma empresa) ou, ainda, informam que a única forma de pagamento disponível é via depósito em conta ou pix;
  • Consulte sites de reclamações dos consumidores sobre a empresa.
  • Conheça suas medidas - medidas do seu corpo, como circunferências do busto, cintura e quadril, e também a sua altura, para evitar comprar algo que não vá servir;
  • Dê preferência para peças reguláveis;
  • Fique atento à descrição do produto e saiba qual melhor fica no seu corpo;
  • Se tiver dúvida, compre um tamanho acima, principalmente em lojas asiáticas, tais como Shein;
  • Fale com atendimento online das lojas; a maioria possui contato por chat ou WhatsApp;
  • Leia a política de troca. Grande parte das lojas de vestuário e moda possuem datas de troca por volta de 30 dias.

Principais reclamações de lojas de roupas online

A pedido da EXAME, a PROTESTE levantou dados da plataforma Reclame Aqui para entender as principais reclamações abertas pelos consumidores desde 2021 relacionadas a lojas de vestuário on-line. São elas:

  • Não recebimento do produto do pedido
  • Atraso
  • Problemas na devolução e reembolso após cancelamento
  • Problemas com aplicação de promoções e descontos
  • Produto incompleto ou incorreto
  • Golpes

“Esses casos indicam que a maioria dos problemas diz respeito ao cumprimento da oferta”, explica Adriano Fonseca, especialista da PROTESTE. “Questões envolvendo produtos incorretos, atrasos, não recebimentos, ou seja, tudo aquilo que acontecer em desacordo com o que foi ofertado pela empresa, gera para o consumidor o direito de exigir o cumprimento da oferta, com a entrega da roupa escolhida ou outra equivalente, ou até mesmo o cancelamento da compra com devolução do valor pago.” 

No caso das lojas online, ele frisa, o consumidor tem direito de exigir o cancelamento do pedido em sete dias a contar do recebimento, independente do tipo de produto escolhido. “Nessas situações, o cancelamento não poderá gerar nenhum ônus ao consumidor”, afirma. “De toda forma, o ideal é que todas as condições ofertadas no momento da compra, seja o prazo de entrega ou cupom de desconto, sejam registradas pelo consumidor, que poderá tirar um print da tela do aparelho e juntar esse comprovante para eventuais problemas futuros.” 

O ideal, recomenda Fonseca, é ter registradas todas as etapas que o levaram até a finalização do pedido. “Isso também se aplica para solucionar golpes, pois poderá auxiliar no procedimento de identificação de criminosos.”

Veja Também

22 modelos de carros que entram na lista de isenção para PCDs
Economizar
Há 12 horas • 4 min de leitura

22 modelos de carros que entram na lista de isenção para PCDs

Banco PAN promove feirão de renegociação de dívidas
Economizar
Há um dia • 3 min de leitura

Banco PAN promove feirão de renegociação de dívidas

Dia do Cliente: 6 direitos que todo consumidor precisa saber
Economizar
Há uma semana • 5 min de leitura

Dia do Cliente: 6 direitos que todo consumidor precisa saber

Como completar o álbum da Copa do Mundo 2022 gastando pouco
Economizar
Há uma semana • 4 min de leitura

Como completar o álbum da Copa do Mundo 2022 gastando pouco