• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Startup mineira de saúde recebe 10 milhões de reais em investimentos

A mineira iMedicina faturou 2 milhões de reais ano passado e tem hoje 40 funcionários
Startup vende software de gestão para consultórios e clínicas (Thinkstock/Sudok1)
Startup vende software de gestão para consultórios e clínicas (Thinkstock/Sudok1)
Por Primeiro LugarPublicado em 18/05/2018 19:49 | Última atualização em 18/05/2018 20:40Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A mineira iMedicina, startup que vende software de gestão para consultórios e clínicas, acaba de vender de cerca de 25% da empresa para o fundo de venture capital Cedro Capital, de Brasília. Ao todo, o fundo deve aportar 2,5 milhões de dólares ou quase 10 milhões de reais. Fundada em 2016 pelo médico oftalmologista Raphael Trotta e o analista de sistemas Luís Eduardo Rosa, a empresa faturou 2 milhões de reais ano passado e tem hoje 40 funcionários. Este é a segunda rodada de investimentos – a startup havia recebido 1,5 milhão de reais de investidores anjo no início da operação. O objetivo é usar o recurso para desenvolver melhor os serviços oferecidos e testar novas funcionalidades.  O acordo foi assessorado pela consultoria Target Advisor. Procurada, a iMedicina confirma o acordo, mas não os números.