Vídeo mostra como é o brilho de mais de 1 bilhão de estrelas

Imagens foram produzidas pela Agência Espacial Europeia com base em imagens e dados capturados entre 2014 e 2016
Espaço: imagens da Via Láctea e de 1,7 bilhão de estrelas foram capturadas pela Agência Espacial Europeia (Reprodução/YouTube / European Space Agency, ESA)
Espaço: imagens da Via Láctea e de 1,7 bilhão de estrelas foram capturadas pela Agência Espacial Europeia (Reprodução/YouTube / European Space Agency, ESA)
Por Rodrigo LoureiroPublicado em 28/05/2020 18:01 | Última atualização em 28/05/2020 18:01Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um vídeo divulgado durante este mês pela Agência Espacial Europeia (ESA) traz novas imagens da Via Láctea feitas a partir de observatórios espaciais e de satélites. Dessa vez é possível observar, graças a uma produção animada, a luz emitida por mais de 1 bilhão de estrelas que orbitam nesta galáxia.

Ao todo, segundo a ESA, são cerca de 1,7 bilhão de estrelas. É claro que não é possível contá-las sem o auxílio de equipamentos de astronomia e de computadores. O efeito luminoso, porém, pode ser observado no vídeo produzido com imagens em alta resolução.

A película foi produzida digitalmente e é baseada em dados obtidos entre julho de 2014 e maio de 2016. O projeto faz parte da Missão Espacial Gaia, lançada em 2013 para realizar medições astrométricas e espectrofotométricas com o objetivo de criar um mapa tridimensional mais preciso sobre as estrelas que orbitam ao longo dos quase 53 mil anos-luz de diâmetro da galáxia.

 

 

Ao longo dos anos a Missão Gaia tem conseguido registrar resultados importantes para os estudiosos do campo da astronomia. Em 2014, foi descoberta a primeira supernova da galáxia. Isso significa um evento astronômico que ocorre durante os estágios finais da evolução de algumas estrelas e que é caracterizado por uma explosão com demasiado brilho.