Vacina da Moderna contra covid-19 avança para a terceira fase de testes

A vacina visa prevenir casos sintomáticos de infecção pelo novo coronavírus

A vacina contra o novo coronavírus feita pela farmacêutica Moderna venceu as duas primeiras etapas de testes e agora avança para a terceira. O foco primário da vacina é prevenir casos sintomáticos da covid-19, que podem levar à morte.

A fabricação das vacinas terá capacidade ampliada por meio de uma parceria com o Lonza Group, multinacional suíça de produtos químicos e biotecnologia. Com isso, a Moderna estima produzir de 500.000 a 1 milhão de unidades da vacina, se aprovada para uso clínico em qualquer paciente.

Os testes da terceira fase da vacina da Moderna envolverão 30.000 pessoas e começarão em julho deste ano. As primeiras etapas de testes de uma vacina priorizam, antes da eficácia contra uma doença, a segurança dos pacientes, de modo a evitar que os efeitos colaterais sejam maiores do que os efeitos positivos da vacina — especialmente quando a vacina é aplicada a um grande número de pessoas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.