Em viagem bem-sucedida, SpaceX retorna à Terra após dois meses em órbita

A cápsula Crew Dragon com os dois astronautas americanos Doug Hurley e Bob Behnken pousou no Golfo do México, na costa de Pensacola, na Flórida

A cápsula Crew Dragon Endeavour, da SpaceX, retornou à Terra neste domingo, 2, em uma missão bem-sucedida, segundo informou a Nasa. 

A jornada noturna de volta com os tripulantes Bob Behnken e Doug Hurley durou 21 horas e o pouso ocorreu às 15h49 (horário de Brasília) no Golfo do México, na costa de Pensacola, na Flórida.

 

Junto com a Nasa, a SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, fez história: pela primeira vez desde 2011, a agência espacial realizou uma missão tripulada saindo dos Estados Unidos.

Foi também a primeira vez que uma companhia privada lançou astronautas em órbita — até então, apenas as espaçonaves governamentais chegavam a tais alturas. Além disso, foi um voo simbólico: o foguete saiu da mesma plataforma de lançamento do Centro Espacial Kennedy, na Florida, que içou a tripulação da Apollo 11 à Lua.

"Em nome das equipes SpaceX e Nasa, bem-vindos de volta ao planeta Terra. Obrigado por pilotar a SpaceX ", disse o controle da missão SpaceX durante a queda. Para a sequência de retorno, propulsores a bordo e dois conjuntos de paraquedas trabalharam autonomamente para reduzir a velocidade da cápsula.

Durante a reentrada na atmosfera da Terra, a concha externa da cápsula resistiu a temperaturas de até 1.926ºC, enquanto Behnken e Hurley, vestindo trajes de voo brancos da SpaceX amarrados dentro da cabine, experimentaram 29ºC.

A tripulação passará até uma hora flutuando dentro da cápsula antes das equipes da SpaceX e da Nasa os recuperarem para uma viagem de helicóptero em terra. Lá, a dupla passará por exames médicos antes de um voo para Johnson Space Center em Houston, no Texas.

Assista como foi o retorno da SpaceX à Terra no canal oficial da Nasa:

Futuro

O retorno de Behnken e Hurley marca apenas o começo do Crew Dragon, já que a SpaceX e a Nasa esperam futuras missões.

A Endeavour será levada de volta ao SpaceX Dragon Lair, na Flórida, onde passará por um processo de inspeção de seis semanas, enquanto as equipes analisarão seus dados e desempenho para certificá-la como digna de futuras missões.

A próxima - chamada "Crew-1" - terá uma tripulação de quatro membros: o comandante Michael Hopkins, o piloto Victor Glover e o especialista de missões da Nasa Shannon Walker, junto com o especialista de missões da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (Jaxa), Soichi Noguchi.

O lançamento está previsto para o final de setembro e a tripulação deve passar seis meses na estação orbital.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.