Sonda Rosetta ouve cometa "cantar"

A missão é equipada com sensores que registram as variações na atividade do cometa Churyumov-Gerasimenko

São Paulo - A sonda Rosetta descobriu um sinal misterioso vindo do cometa Churyumov-Gerasimenko.

A missão é equipada com sensores que registram as variações na atividade do cometa.

Entre elas, estão as constantes explosões de gases e poeira que acontecem na superfície do Churyumov-Gerasimenko.

Durante um dos registros, os cientistas que monitoram a missão se surpreenderam ao ouvir o cometa "cantar".

Os pesquisadores especulam que as oscilações sejam causadas pela ionização das partículas neutras dos jatos gasosos expelidos pela superfície do cometa.

Assim que são lançados no espaço, eles se chocam com raios cósmicos, que são partículas de alta energia.

Com isso, as partículas neutras tornam-se ionizadas.

Quando ficam eletricamente carregadas, as partículas interagem com o campo magnético do cometa, causando as oscilações.

A curiosidade é que os cientistas precisam aumentar a frequência em até 10 mil vezes para tornar o som audível para seres humanos, já que o campo magnético do cometa oscila em baixa frequência.

A Agência Espacial Europeia divulgou um trecho dos sons registrados.

Ouça o cometa Churyumov-Gerasimenko "cantar":

[soundcloud url="https://api.soundcloud.com/tracks/176387011" params="color=ff5500" width="100%" height="166" iframe="true" /]

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.