Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Sobrevivente do câncer carregou vírus da covid por quase um ano

É o caso mais longo já documentado do vírus da pandemia até o momento; a paciente de 47 anos passou 335 dias testando positivo

Um novo estudo publicado no periódico Medrxiv, ainda não revisado por pares, analisa o caso de uma sobrevivente do câncer que carregou o coronavírus por ao menos 335 dias.

É o caso mais longo já registrado do vírus da pandemia até o momento. Ele pode ser indicativo do impacto que a doença tem nos imunossuprimidos.

  • Quer saber tudo sobre o desenvolvimento e eficácia de vacinas contra a covid-19? Assine a EXAME e fique por dentro.

A paciente, uma mulher de 47 anos que não foi identificada, é residente dos Estados Unidos e foi hospitalizada pela primeira vez entre abril e maio de 2020.

Dez meses se passaram e os médicos descobriram que ela ainda estava testando positivo para o vírus. Durante esse período, a mulher chegou a apresentar sintomas leves em alguns momentos.

Três anos antes, a paciente ficou imunocomprometida após um tratamento bem-sucedido de câncer, que a deixou com baixos níveis de células B no sangue.

As células B são responsáveis pela produção de anticorpos, o que pode explicar o motivo pelo qual ela continuou testando positivo.

Num determinado momento, de acordo com o estudo, os médicos chegaram a pensar que os resultados se tratavam de falsos positivos por conta de fragmentos inofensivos do vírus deixados após a eliminação da infecção.

Em março de 2021, os médicos sequenciaram o genoma do vírus quando a carga viral da paciente aumentou. Eles descobriram que o vírus era muito semelhante ao coronavírus que ela carregou dez meses antes -- ao mesmo tempo que era diferente de qualquer cepa que estava circulando naquele momento.

A paciente, enfim, recebeu tratamento e eliminou a infecção 335 dias após o primeiro teste. Desde então, todos seus testes vêm negativos.

A pesquisa e a experiência da sobrevivente oferece informações novas sobre a infecção do coronavírus em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido. Pela fragilidade, elas têm chances maiores de contrair a covid.

  • Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também