• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Saco de lixo que elimina coronavírus é aprovado em teste da Unicamp

Teste realizado pelo Instituto de Biologia da Unicamp mostra que saco de lixo foi capaz de remover 99,9% do novo coronavírus
Espécie de agente antisséptico é adicionado ao material plástico do produto (Divulgação/Divulgação)
Espécie de agente antisséptico é adicionado ao material plástico do produto (Divulgação/Divulgação)
Por Isabela RovarotoPublicado em 23/08/2020 17:19 | Última atualização em 23/08/2020 17:19Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Testes realizados pelo Instituto de Biologia da Unicamp apontaram que um saco de lixo desenvolvido no Brasil é capaz de eliminar o novo coronavírus (Sars-Cov-2), e outros vírus da mesma classe, como o Sars-Cov-1 e o Mers-Cov.

Pesquisa realizada pela universidade apontou que a tecnologia inédita do material plástico foi capaz de remover 99,9% do novo coronavírus. O Embalixo Antivírus, nome comercial do saco plástico, deve ficar disponível nas próximas semanas.

Como funciona?

No momento da fabricação, uma espécie de agente antisséptico é adicionado ao material plástico do produto. O composto age na membrana dos sacos de lixo e envolve o material.

Além dos vírus da classe do coronavírus, o material foi capaz de inativar o H1N1, causador da gripe, e o adenovírus, que provocam resfriados e outros problemas respiratórios. Segundo a fabricante, os sacos de lixo também eliminam bactérias que provocam mau cheiro.

Todos os sacos de lixo produzidos com essa tecnologia terão coloração cinza, para facilitar o consumidor a identificar o produto. Segundo a companhia, os sacos devem estar disponíveis nos "tamanhos" 15 litros, 30 litros, 50 litros e 100 litros, para serem usados em cestinhos de pia, banheiro e lixeiras maiores da casa.