Regeneron: coquetel de anticorpos preveniu e tratou covid-19 em animais

Farmacêutica americana acrescentou que espera que o medicamento possa funcionar em humanos

A farmacêutica Regeneron afirmou nesta segunda-feira que o coquetel de anticorpos que está desenvolvendo para combater a covid-19 preveniu e tratou a doença em macacos e hamsters, acrescentando que espera que o medicamento possa funcionar em humanos.

A empresa americana de biotecnologia disse no estudo, que ainda não foi revisado por pares, que o coquetel de dois anticorpos monoclonais foi capaz de "bloquear quase que completamente o estabelecimento da infecção pelo vírus."

Em um segundo estudo, nos quais os animais foram infectados com um nível muito maior do vírus, a Regeneron afirmou que o coquetel também foi capaz de minimizar a infecção. O efeito profilático foi bastante reduzido quando administrada uma dose mais baixa do medicamento, acrescentou a companhia.

A farmacêutica disse ainda que os resultados igualaram ou superaram efeitos demonstrados recentemente em estudos com animais para o desenvolvimento de candidatas a vacinas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.