Propagandas criam falsa memória, diz estudo

Segundo professores da Southern Methodist University, de Dallas, um anúncio impresso muito vívido e descritivo cria a falsa memória de que a pessoa experimentou o produto

São Paulo – Um bom anúncio pode fazer com que o consumidor pense que já provou um produto – mesmo sem nunca ter tido contato direto com ele.

Esta foi a conclusão de um estudo da Southern Methodist University, em Dallas, nos Estados Unidos. De acordo com os resultados obtidos com um grupo de voluntários, um anúncio impresso muito vívido e descritivo cria a falsa memória de que a pessoa experimentou o produto.

No estudo, que será publicado no Journal of Consumer Research, participantes visualizaram diferentes tipos de anúncios impressos para um produto fictício: uma pipoca de microondas.

Os anúncios variavam entre mais ou menos realistas (com mais ou menos descrições de sensações). Depois de lerem as propagandas, apenas alguns dos participantes comeram o que acreditavam ser a pipoca da marca. Uma semana depois, todos tiveram que relatar qual era a sua atitude em relação ao produto.

Curiosamente, as pessoas que viram os anúncios muito descritivos tiveram a mesma porcentagem de respostas afirmativas à pergunta “você já experimentou esse produto?” quanto aquelas pessoas que de fato o haviam provado. O grupo também teve igual confiança em suas lembranças de já ter comido a pipoca.

Uma vez que o produto era fictício e não estava a venda, os pesquisadores sabiam exatamente quais participantes o haviam provado e quais criaram uma falsa memória.

Outro ponto curioso foi que, em outras variações do teste, ficou clara a relação entre a marca do produto e a chance de a falsa memória ser criada. Apesar de fictícia, a pipoca foi associada como sendo de uma determinada marca, bastante conhecida. Quando mudaram para uma marca menos famosa, a falsa lembrança das pessoas teve uma queda considerável.
 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais