Primeira missão privada à estação espacial está pronta para lançamento

O grupo liderado pelo astronauta aposentado da Nasa Michael Lopez-Alegria chegará à estação cerca de 28 horas depois, quando a cápsula Crew Dragon fornecida pela SpaceX atracar na ISS a cerca de 400 km acima da Terra
 (Stocktrek Images/Getty Images)
(Stocktrek Images/Getty Images)
Por ReutersPublicado em 04/04/2022 16:33 | Última atualização em 04/04/2022 17:08Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Estação Espacial Internacional (ISS) deve ficar mais movimentada do que o habitual nesta semana, quando sua tripulação receberá quatro novos colegas da startup americana Axiom Space, a primeira equipe de astronautas totalmente privada a voar para o posto avançado em órbita.

O lançamento está sendo aclamado pela empresa, pela Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (Nasa) e por outros players do setor como um ponto de virada na mais recente expansão de empreendimentos espaciais comerciais chamados coletivamente por especialistas como economia de órbita baixa da Terra, ou "economia LEO".

Se o tempo permitir, a equipe de quatro homens da Axiom decolará na sexta-feira do Centro Espacial Kennedy da Nasa, na Flórida, em um foguete Falcon 9 fornecido e pilotado pelo empreendimento de lançamento espacial de Elon Musk, SpaceX.

Se tudo der certo, o grupo liderado pelo astronauta aposentado da Nasa Michael Lopez-Alegria chegará à estação cerca de 28 horas depois, quando a cápsula Crew Dragon fornecida pela SpaceX atracar na ISS a cerca de 400 km acima da Terra.

Também estão na equipe Ax-1 o investidor-filantropo e ex-piloto de caça israelense Eytan Stibbe, 64, e o empresário e filantropo canadense Mark Pathy, 52, ambos servindo como especialistas em missões.

A equipe levará equipamentos e suprimentos para 26 estudos científicos e tecnológicos a serem realizados antes de saírem da órbita e retornarem à Terra dez dias após o lançamento.

Embora a estação espacial tenha recebido visitas de civis de tempos em tempos, a missão Ax-1 marcará a primeira equipe comercial de astronautas a usar a ISS para o propósito pretendido como um laboratório em órbita.

Eles compartilharão o espaço de trabalho ao lado de sete tripulantes regulares da ISS — três astronautas americanos, um alemão e três russos.

A Axiom disse que contratou a SpaceX para realizar mais três missões em órbita nos próximos dois anos. A Nasa selecionou a Axiom em 2020 para projetar e desenvolver uma nova ala comercial para a estação espacial, que atualmente abrange o tamanho aproximado de um campo de futebol.