Pessoas vão visitar a Terra como se fosse um parque, diz Jeff Bezos

Dono da empresa espacial Blue Origin acredita que, no futuro, humanos vão nascer em colônias espaciais e visitar o planeta Terra como se fosse "o Parque Nacional de Yellowstone"
“Ao longo dos séculos, muitas pessoas nascerão no espaço, será sua primeira casa”, imagina Jeff Bezos, CEO da Blue Origin (SAJJAD HUSSAIN/AFP/Getty Images)
“Ao longo dos séculos, muitas pessoas nascerão no espaço, será sua primeira casa”, imagina Jeff Bezos, CEO da Blue Origin (SAJJAD HUSSAIN/AFP/Getty Images)
L
Laura Pancini

Publicado em 12/11/2021 às 13:42.

Última atualização em 12/11/2021 às 13:44.

No futuro imaginado por Jeff Bezos, as pessoas devem vir ao planeta Terra do mesmo jeito que hoje visitamos um parque.

Durante o evento 2021 Ignatius Forum, o CEO da Blue Origin falou sobre os planos da empresa espacial e o futuro da exploração além da órbita da Terra.

Na entrevista, o bilionário foi a fundo sobre as colônias espaciais, moradia futurística que ele acredita que será muito mais eficiente do que se mudar para um planeta, como é o plano ambicioso de Elon Musk para Marte.

"Mesmo que você fizesse isso, seria no máximo uma duplicação da Terra. Você estaria passando de 10 bilhões para 20 bilhões de pessoas", disse. Em contrapartida, Musk alega que o plano de Bezos não é realista porque seria necessário transportar "grandes quantidades de massa de planetas/luas/asteróides", de acordo com uma publicação feita em 2019.

Para Bezos, as colônias espaciais seriam habitats em formato de cilindros giratórios que imitam o clima da Terra. Dentro de cada cilindro teria por volta de um milhão de pessoas, além de "rios, florestas e vida selvagem".

“Ao longo dos séculos, muitas pessoas nascerão no espaço, será sua primeira casa”, imagina o bilionário. “Eles nascerão nessas colônias, viverão nessas colônias e então visitarão a Terra da mesma forma que você visitaria o Parque Nacional de Yellowstone.”