A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Pesquisadores criam bateria que pode durar dez anos

Tecnologia pode ser a solução para os gadgets que possuem bateria com vida curta e, por isso, tornam-se facilmente descartáveis

São Paulo - Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, desenvolveram uma bateria que pode durar até dez anos. A tecnologia pode ser a solução para os gadgets que possuem bateria com vida curta e, por isso, tornam-se facilmente descartáveis.

A invenção trata-se de um novo eletrodo de bateria feito de hexacianoferrato de cobre. Este material permite que o os íons, que dão energia à bateria, entrem e saiam do eletrodo mais facilmente.

Tal composto químico é bem mais resistente que as baterias comuns de Li-On, que se desfazem mais facilmente. Desta forma, a bateria criada pelos cientistas pode ser recarregada mais rápido e ter maior durabilidade.

O resultado é uma bateria que pode sobreviver a 40.000 ciclos de carga, o que representa cem vezes mais que uma bateria comum de íons de lítio. Tudo isso pode fazer com que ela seja utilizável por um período de dez a 30 anos.

Por enquanto, as baterias ainda não podem ser distribuídas para uso comercial. Antes disso, será preciso que os pesquisadores descubram um ânodo com tensão bem baixa para o cátodo (eletrodo negativo de uma fonte elétrica de alimentação) de alta tensão. Os pesquisadores continuarão seus estudos para melhorar o desempenho da tecnologia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também