Nova síndrome pode agravar casos de coronavírus em crianças

Veja quais são as causas e os sintomas da nova síndrome

A maioria das crianças tem quadros assintomáticos ou sintomas leves de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Mas um novo fenômeno pode agravar a infecção de crianças. Chamada síndrome pediátrica inflamatória multissistêmica, a condição foi identificada por médicos na Europa e nos Estados Unidos, de acordo com o jornal americano The New York Times.

Os sintomas envolvem inflamações na pele, no sangue, no coração e nas veias. A condição é nova e ainda pouco se sabe sobre ela. Os sintomas são similares aos da síndrome de Kawasaki, que tem como diferença o aparecimento de aneurismas coronários, no longo prazo, enquanto a nova síndrome causa apenas inflamações.

Crianças que apresentaram a nova síndrome ou tinham diagnóstico positivo de covid-19 ou tinham anticorpos relacionados ao coronavírus. A hipótese de Katie Schafer, pediatra de Detroit, é de que a condição pode ser uma consequência posterior da infecção pelo vírus.

Os efeitos da síndrome no longo prazo ainda são desconhecidos, uma vez que a condição é nova e ainda está sendo estudada.

Os tratamentos envolvem o uso de imunoglobulina intravenosa, esteroides, antibióticos e uma alta dose de aspirina. Em alguns casos graves, um respirador mecânico pode ser necessário.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.