Chips em formigas ajudam a descobrir divisão de funções

As formigas foram colocadas em locais planos e toda a movimentação foi gravada por uma câmera instalada em cima do recipiente
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
Por Vanessa DarayaPublicado em 22/04/2013 15:45 | Última atualização em 22/04/2013 15:45Tempo de Leitura: 1 min de leitura

São Paulo - Cientistas da Universidade de Lausanne, na Suíça, marcaram com chips formigas de seis colônias. Foi assim que os pesquisadores descobriram a divisão de funções da espécie Camponotus fellah.

Cada colônia estudada tem mais de 100 espécimes. As formigas foram colocadas em locais planos e toda a movimentação foi gravada por uma câmera instalada em cima do recipiente.

Um computador era capaz de reconhecer a trajetória das formigas. Foram mais de 41 dias de gravações, que geraram 2,4 bilhões de leituras e 9,4 milhões de interações entre as formigas.

Os pesquisadores analisaram o material e descobriram que as operárias se dividem em três grupos sociais que desempenham funções diferentes na mesma colônia.

Cerca de 40% dessas formigas trabalham como enfermeiras da rainha e dos filhotes. Outros 30% são responsáveis pela limpeza da colônia. O terceiro grupo, que corresponde a 30%, busca alimento.

As formigas responsáveis pela limpeza são as que mais se dispersam. Esse grupo patrulha o local e interage com as outras classes.

As formigas também mudam de grupo conforme envelhecem. Isso porque as jovens costumam limpar, enquanto as mais velhas cuidam da comida. Porém, os cientistas ainda não sabem como acontece essa mudança de cargos.