Nasa pagará US$ 424 mi a mais à Rússia para chegar ao espaço

A conta estratosférica inclui o treinamento e o transporte de seis astronautas em suas viagens à ISS em 2016 e no primeiro semestre de 2017

Washington - A Nasa, agência espacial americana, anunciou nesta terça-feira que pagará US$ 424 milhões a mais para a Rússia para que o país transporte astronautas americanos para a Estação Espacial Internacional (ISS).

A conta estratosférica inclui o treinamento e o transporte de seis astronautas em suas viagens à ISS em 2016 e no primeiro semestre de 2017, a bordo de naves espaciais russas Soyuz.

Isto supõe um preço de US$ 70,6 milhões por assento, um aumento de US$ 5,6 milhões desde a última vez que um acordo foi firmado.

O diretor da Nasa, Charles Bolden, responsabilizou o Congresso pela situação, afirmando que, se tivessem aprovado a solicitação do presidente Barack Obama de financiamento para uma parceria público-privada conhecida como "Commercial Crew Program" (Programa de Tripulação Comercial), a agência espacial americana não teria sido forçada a firmar um novo contrato com a russa Roskosmos.

"Devido ao fato de o financiamento para o plano do presidente ter sido reduzido significativamente, não estaremos em capacidade de enviar astronautas em naves americanas privadas antes de 2017", criticou Bolden em seu blog.

Os foguetes russos Soyuz são atualmente o único meio de transporte para a Estação Espacial Internacional desde que cancelaram os voos dos ônibus espaciais americanos em julho de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.