Nasa diz que não pode ser dar ao luxo de construir um novo ônibus espacial

Políticos americanos pressionam agência para que produza um novo modo de transporte espacial

Washington - A Nasa afirmou ao Congresso que não poderá construir até 2016 um foguete propulsor e uma cápsula, como está previsto no orçamento aprovado, segundo um relatório divulgado esta semana, em que os senadores pedem à agência que cumpram suas obrigações.

Legisladores do comitê senatorial do Comércio, Ciência e Transporte insistem que o projeto não é opcional e que a agência americana deve encontrar a forma de elaborar uma solução viável.

"A produção de um foguete propulsor e uma cápsula não é opcional, é a lei", indica um comunicado conjunto divulgado pelos senadores John Rockefeller, Kay Bailey Hutchison, Bill Nelson e David Vitter.

"A Nasa deve usar suas décadas de experiência em assuntos espaciais e os milhares de dólares nos investimentos prévios que teve para idealizar um conceito que funcionasse. Acreditamos que pode ser feito de forma exequível e eficiente. E deve ser uma prioridade".

O projeto adotado pelo Congresso e assinado pelo presidente, Barack Obama, designa à Nasa a tarefa de desenvolver e construir um sistema de lançamento espacial (Space Launch System) e uma cápsula de transporte de astronautas (Multi-Purpose Crew Vehicule) antes de 2016.

Com a aposentadoria dos três ônibus espaciais, previsto para este ano, a Nasa dependerá exclusivamente dos Soyuz russos para enviar seus astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), cuja construção os Estados Unidos financiaram quase totalmente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.