Mulher morre de Ebola na Libéria, no primeiro caso confirmado em um mês

Fonte acrescentou que está monitorando 80 pessoas que possam ter estado em contato com a doente

Uma mulher diagnosticada com Ebola no último dia 20 de março, na Libéria, após um mês sem infecções no país, morreu nesta sexta-feira - informaram neste sábado autoridades, que notificaram dois outros casos suspeitos.

"A última pessoa diagnosticada com Ebola morreu ontem", disse o chefe da unidade de crise nacional contra a doença, Francis Karteh, segundo o qual "não há casos confirmados no país, apenas dois suspeitos".

A fonte acrescentou que está monitorando 80 pessoas que possam ter estado em contato com a doente. A epidemia de Ebola na África Ocidental, a pior desde a identificação do vírus em 1976, surgiu em dezembro de 2013 no sul da Guiné e se espalhou para a Libéria e Serra Leoa.

De acordo com o último relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado em 22 de março, o Ebola já matou mais de 10.300 pessoas identificadas em 25.000 casos registrados, dos quais 99% estão nestes países. A própria OMS reconhece que há provavelmente mais casos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.