Meteorito "Grande Abóbora" passa perto da Terra

Um grande meteorito batizado de "Grande Abóbora", devido ao Halloween, atingiu seu ponto mais próximo à Terra, para depois seguir viagem pelo espaço

	Imagem do asteroide captada pela Nasa: meteorito associado ao Halloween tem forma de caveira
 (Divulgação/Nasa/NAIC-Arecibo/NSF)
Imagem do asteroide captada pela Nasa: meteorito associado ao Halloween tem forma de caveira (Divulgação/Nasa/NAIC-Arecibo/NSF)
D
Da RedaçãoPublicado em 31/10/2015 às 17:02.

Washington - Um grande meteorito batizado como a "Grande Abóbora", devido à coincidência com a celebração do Halloween, atingiu neste sábado às 17h01 GMT (13h01 em Brasília) seu ponto mais próximo à Terra, ficando a uma distância um pouco maior do que a da Lua, para depois seguir sua viagem pelo espaço.

As imagens da passagem da "Grande Abóbora" foram transmitidas ao vivo pela internet pela comunidade "Slooh", vinculada à Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa). O meteorito, do tamanho de quatro campos de futebol, se deslocava a 490 mil km/h, 29 vezes mais rápido a uma bala disparada por uma espingarda.

De acordo com a Nasa, o "Grande Abóbora" será o objeto que passou mais perto de nosso planeta até agosto de 2027, quando se prevê que a rocha 1999 AN10 se aproxime a quase 384.400 quilômetros da Terra, a mesma distância que nos separa da Lua.

O meteorito foi descoberto no último dia 10 de outubro por um grupo de astrônomos do Havaí (EUA). Desde então, foram realizados cálculos para determinar a órbita, apesar de nunca representar perigo para a Terra.

Os cientistas da Nasa também explicaram que a influência da gravidade do asteroide não provocaria efeitos destacáveis na Terra, como a mudança de marés ou movimentos nas placas tectônicas.