Ciência
Acompanhe:

Doodle homenageia Hertz

O cientista alemão Heinrich Rudolf Hertz foi o primeiro a provar a existência das ondas eletromagnéticas e que estas poderiam viajar longas distâncias

A unidade hertz foi estabelecida em sua homenagem em 1930, 36 anos após sua morte (Reprodução)

A unidade hertz foi estabelecida em sua homenagem em 1930, 36 anos após sua morte (Reprodução)

M
Monica Campi

14 de março de 2012, 13h42

São Paulo – O Doodle, como é conhecido o logo do Google, de hoje apresenta uma homenagem aos 155 anos do nascimento de Heinrich Rudolf Hertz.

O nome Hertz é familiar para todos que utilizam tecnologia hoje em dia. Pode ser visto na potência dos processadores de computador, smartphones e tablets por meio da sigla Hz em megahertz ou gigahertz.

Hertz é uma unidade de frequência que mede o número de ciclos por segundo de um fenômeno periódico.

E o cientista alemão Heinrich Rudolf Hertz foi o primeiro a provar a existência das ondas eletromagnéticas e que estas poderiam viajar longas distâncias.

A unidade hertz foi estabelecida em sua homenagem em 1930, 36 anos após sua morte.

Curiosamente, Hertz não foi capaz de identificar um uso para sua descoberta. No entanto, seus experimentos abriram espaço para a invenção do rádio e da televisão.